Empodere-se

Aqui você pode entender as questões que envolvem um relacionamento abusivo, e quais as ferramentas que podem ser acessadas para romper o ciclo de violência doméstica.

"O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher."

                                                                                      Cora Coralina

Violência Doméstica

A violência doméstica é um problema universal que atingem milhares de mulheres, desestruturando vidas e famílias. Manifesta-se de forma silenciosa e, na maioria dos casos, não chega ao conhecimento das autoridades por medo, ameaça, vergonha e, muitas vezes, por dependência financeira, impedindo que agressores sejam julgados e penalizados.

Atualmente, o Brasil ocupa o quinto lugar no ranking mundial de assassinatos de mulheres. O Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em seu último estudo, indica que em 2020, devido à pandemia da Covid-19, os registros de feminicídio cresceram 22,2%. Os dados indicam que 1 mulher é assassinada a cada 2 horas no Brasil.

 

Conheça as cinco formas de violência doméstica previstas na Lei Maria da Penha

FÍSICA

Tapas, chutes e qualquer outro uso de força física contra a mulher.

MORAL

Xingamentos e ofensas em ambientes públicos.

PSICOLÓGICA

Agressões verbais, humilhação, ameaças, constrangimento, isolamento.

PATRIMONIAL

Destruição de documentos, celular, roupas; exploração financeira.

SEXUAL

Qualquer ato sexual praticado contra a vontade da mulher, proibição de usar métodos anticoncepcionais, obrigá-la a engravidar ou abortar.

JUNTOS, A ASSOCIAÇÃO FALA MULHER E O

INSTITUTO MARY KAY FIZERAM O MATERIAL ABAIXO

Nele você pode verificar alguns sinais de alerta para os relacionamentos abusivos e realizar um teste disponível na versão em PDF.

Baixe aqui e faça o teste!-min.png
Operador de telefone

COMO PROCURAR AJUDA

DISQUE 180

O Disque 180 é uma Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, um serviço público, gratuito e confidencial. Está disponível 24 horas, todos os dias e aceita denúncias anônimas.

DELEGACIA DA MULHER

Qualquer delegacia atende todo tipo de público, porém há delegacias especializadas em atendimento à mulher vítima de violência. No estado de São Paulo são pouco mais de 130 Delegacias de Defesa da Mulher, sendo 9 na capital, das quais 7 funcionam 24 horas. Clique aqui para conhecer os endereços.

POLÍCIA MILITAR

Quando você se sentir ameaçada e em perigo, ou presenciar alguma mulher sofrendo uma agressão, ligue para a Polícia Militar - 190. 

PLATAFORMA SOS MULHER

A plataforma online desenvolvida pelo Governo do Estado de São Paulo possui informações importantes que podem ajudá-la a procurar ajuda. Acesse aqui! 

Apoie nossas ações!